Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Cada manhã


Cada manhã é um suplício a transpor,
madrugada de silêncios e sentidos.

Felipa Monteverde

6 comentários:

Silviah Carvalho disse...

E sempre uma esperança que nasce para um novo dia, parabéns.Lindo fim semana pra você.

Arnoldo Pimentel disse...

Quando o sol rasga a noite sileniosa está nascendo uma nova esperança de dias melhores. Lindo e profundo seu texto, já te sigo.Se puder visite meu blog, link abaixo, beijos

✿ chica disse...

E a cada manhã. lá vamos nós agradecer, por mais um dia lindo que ganhamos! beijos,tudo de bom,chica e parabéns pelos 92 da vovó...

Nilson Barcelli disse...

Mas todos os dias consegues transpô-la...
Beijos.

Ailime disse...

Felipa,
Belo e transcendente.
Apesar de tudo o sol alastra e aquece-nos a alma para transpormos os dias.
Beijinhos.
Ailime
(Desejo um domingo cheio de sol)

Sonhadora disse...

Minha querida

São manhãs que não se apagam.

Beijinho com carinho
Sonhadora