Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Lapas

Há pessoas que são lapas.
Apegam-se-nos, agarram-se.
Sugam o que podem e o que não queremos dar.

Lapas.
Mas nós não somos rochas. Não
aguentamos durante muito tempo
sermos sugados, tolhidos nos movimentos.
E sacudimos essas lapas, afastamo-nos
desse mar. Ou tentamos...

Felipa Monteverde

2 comentários:

✿ chica disse...

Fora com essas lapas,não?rs LINDA poesia, bela inspiração! beijos,ótima semana,chica

Ailime disse...

Olá Felipa, um poema que me fez sorrir! As lapas(agora vou brincar) só com arroz! Uma delicia a sua poesia.Beijinhos Ailime