Acerca de mim

A minha foto
Poeta por inspiração e imposição da alma... Uma pessoa simples, que vive a vida como se fosse a letra de uma canção, o enredo de um filme, a preparação para uma vida superior, à espera da eternidade e do encontro com o Criador.

sábado, 2 de outubro de 2010

Cirandas

Queria dizer-te tantas coisas
falar-te dessa rosas que nunca me ofereceste...
Dizer que as minhas noites são silenciosas
esperas lacrimosas por dias em que não apareceste...

Não sei por onde andas
em que portas ou varandas se esconde o teu sorriso...
e permaneço aqui, chorando em noites brandas
revendo mil cirandas a que me ato e escravizo...

(Felipa Monteverde)

1 comentário:

Mi (de Miguel) disse...

Queria dizer-te tudo
o que nunca te contei e onde me iludo
a perceber por quê...
porque não te contei? se tu eras mais
do que esta estrada em que te vais
aonde ninguém vê...